Transforme-se

Geração de energia solar contribui com o desenvolvimento de construções sustentáveis

O uso da energia solar é crescente no Brasil. Entre 2016 e 2020, a energia solar distribuída – aquela que é gerada no próprio local de consumo ou em local próximo – teve um crescimento de 2000%, de acordo com dados do Ministério de Minas e Energia. Por ser uma energia renovável e limpa, contribui com o desenvolvimento de construções sustentáveis.

Um exemplo disso são as Agências Sustentáveis do Sicredi, uma iniciativa que acontece no interior do Paraná e de São Paulo. Unindo ações de conscientização, os objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU, conhecidos como ODS, e a parceria com associados e empresas locais, 10 agências já têm sistemas de geração de energia solar.

O Colabore-se conversou com Roberto Bernardi, diretor de Operações da Sicredi Aliança PR/SP, sobre o projeto, sua importância e quais são os próximos passos para as Agências Sustentáveis. A entrevista completa você confere a seguir.

Você pode nos explicar o que são as agências sustentáveis?

Uma agência sustentável é aquela que busca minimizar os impactos ambientais durante e depois das obras, reduzindo o consumo e gastos com água e eletricidade, sendo instrumento de responsabilidade socioambiental da cooperativa.

Como surgiu a iniciativa?

A partir da consciência socioambiental – ESG (Environmental, Social and Governance), que corresponde às práticas ambientais, sociais e de governança de uma organização, aliadas à geração de economia financeira e, também, à cooperação com a economia local, pois os investimentos foram realizados com associados parceiros que atuam na área de ação da cooperativa.

E sobre a usina de energia, como surgiu a ideia e como vai funcionar?

A ideia da usina surgiu a partir de conversas com o associado e parceiro da cooperativa, sócio-proprietário de uma das maiores empresas de energia solar do Brasil, que propôs um projeto de geração de energia fotovoltaica capaz de atender o consumo de energia elétrica de todas as nossas agências no estado de São Paulo. O sistema ficará instalado em uma área de propriedade da empresa, sem custo adicional e com disponibilidade de espaço para ampliação do sistema, para também atender às futuras agências que ainda serão abertas no estado. O sistema irá gerar a energia, que será enviada para a Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL) que por sua vez fará o abatimento nas faturas de energia das agências.

Quantas agências vão ser beneficiadas?

Atualmente, 10 agências já possuem sistemas de geração de energia renovável em operação, sendo que as demais estão em fase de implantação dos projetos. Ao final de 2022, todas as 25 agências já existentes e mais as 5 novas agências que serão inauguradas neste ano estarão sendo beneficiadas com sistemas de geração de energia renovável, seja com sistema fotovoltaico próprio ou por meio de parceria com o sistema de geração por biogás.

Pretendem expandir para mais agências no futuro?

A ideia do projeto é atender 100% das agências da Sicredi Aliança PR/SP, além da sede regional.

As agências têm outras iniciativas de sustentabilidade? Quais?

A Sicredi Aliança PR/SP possui um comitê de sustentabilidade, que se reúne de forma periódica, com ações coordenadas e discussões para conscientizar os colaboradores, aprimorar e implantar ações que estimulem e gerem maior sustentabilidade para a cooperativa e, consequentemente, para os associados e a comunidade, risco socioambiental que a área de crédito observa nas concessões de crédito, no uso de canecas ao invés de copos descartáveis, assim como o uso de papel reciclado, digitalização de todos os documentos que não tenham necessidade de impressão, entre outros.

Leia também

Além do tatame: o caminho do projeto que transforma vidas através do jiu-jitsu

Além do tatame: o caminho do projeto que transforma vidas através do jiu-jitsu

Transforme-se
Educação como agente de transformação

Educação como agente de transformação

Transforme-se
Ritmando a adolescência, afinando o futuro

Ritmando a adolescência, afinando o futuro

Transforme-se

Ficou interessado?

Envie nome e telefone para o email e seja também um protagonista!